• INO Nutrição

Principais sintomas adversos da quimio e radioterapia – como cuidar

Atualizado: Out 20



Muitos fatores influenciam nos sintomas do paciente em tratamento do câncer, como o tipo, a localização e o estágio do tumor. O tipo e a dose da quimioterapia utilizada, dose e fracionamento da radioterapia e estado nutricional também entram nessa equação.


Estudos mostram que é mais provável que pacientes desnutridos apresentem algum efeito colateral e isso também pode estar acompanhado da necessidade de diminuição da dose ou interrupção do tratamento.

De maneira geral, os principais sintomas com impacto nutricional durante a quimo e radioterapia são: náuseas, vômitos, mucosite oral (feridas na boca), perda do apetite e constipação ou diarreia.

Esses sintomas interferem na ingestão alimentar, fazendo com que o paciente não consuma a quantidade de alimentos – e consequentemente de energia e nutrientes - necessários para a manutenção do seu peso, gerando um ciclo de impacto nutricional que precisa ser cuidado de perto.

Por isso, é necessária a intervenção nutricional precoce, como modo de interromper esse ciclo e melhorar a qualidade de vida, sendo a orientação nutricional efetiva em prevenir o agravamento dos sintomas e a perda de peso intensa, prejudicial ao paciente com câncer.

Algumas estratégias para amenizar esses sintomas são:

• Para náuseas (enjoos) e êmese (vômitos):

- Evite alimentos muito quentes - prefira alimentos frios ou em temperatura ambiente;

- Evite ficar na cozinha durante o preparo, pois cheiros fortes de comida aumentam os enjoos - Se possível, peça para alguém cozinhar e servir o prato para você;

- Evite preparações e alimentos muito doces, gordurosos ou com temperos industrializados e fortes.

• Para mucosite oral (feridas na boca):

- Evite alimentos secos, duros, salgados, ácidos, picantes e muito quentes;

- Se não conseguir comer comida em consistência normal, dê preferência a cremes e vitaminas, faça carnes desfiadas, moídas ou bata as preparações no liquidificador.

• Para perda do apetite:

- Evite ficar muito tempo sem comer – Comer pouco, mas várias vezes ao dia, é melhor do que forçar em uma única refeição ou não comer;

- Consulte um nutricionista oncológico para avaliar a necessidade de inclusão de um complemento nutricional.


• Para diarreia:

- Evite alimentos muito doces e ricos em gordura;

- Evite frutas laxativas como ameixa, laranja e. mamão. Evite ainda salada de folhas, leite e derivados integrais, temperos picantes, embutidos (ex: salsicha, presunto, salame).


• Para constipação (intestino preso):

- Consuma bastante água ao longo do dia;

- Coma alimentos integrais, frutas laxativas, salada de folhas e alimentos ricos em gorduras boas;

- Inclua fibras nos lanches, como chia, aveia e linhaça.

Procure um nutricionista oncológico, que é o profissional adequado para a avaliação desses sintomas e orientação de como prevenir ou reduzi-los, de maneira individualizada.


Referência

Gangadharan A, Choi SE, Hassan A, et al. Protein calorie malnutrition, nutritional intervention and personalized cancer care. Oncotarget. 2017;8(14):24009-30.

10 visualizações

Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 19h

 Rua Itapeva, 240. Sala 301 - Ed. Itapeva Medical Center. Bela Vista, São Paulo (SP) 

©Instituto de Nutrição e Oncologia 2020 - Todos os direitos reservados