• INO Nutrição

Manejo da diarreia



Um efeito colateral muito comum do tratamento oncológico, presente na radioterapia, quimioterapia, imunoterapia, transplante de células tronco hematopoiéticas e até em algumas cirurgias ou pelo tipo e localização do tumor, é a diarreia.


Ela é caracterizada pelo aumento na frequência e alteração na consistência das fezes, com aspecto amolecido ou líquido. A diarreia pode acontecer logo após o início do tratamento (horas ou dias) ou tardiamente (semanas), e pode durar semanas ou até meses após o término.


Esse quadro piora a qualidade de vida, diminui a absorção dos nutrientes e pode levar à desidratação e inapetência, comprometendo o estado nutricional do paciente.


A alimentação tem ação direta na modulação da evacuação e, em alguns casos, gera medo no paciente quanto ao agravamento do quadro caso ingira o alimento “errado”.


Aqui vão algumas dicas de cuidados nutricionais caso o paciente apresente diarreia:


  • Evite comer grandes quantidades em uma única refeição; prefira fracionar a dieta.

  • Hidrate-se bem! Pode ser com água, água de coco, chás claros, sucos coados de caju, limão ou maçã e sem açúcar. Evite bebida alcoólica, gaseificada, com cafeína e sucos concentrados.

  • Prefira alimentos mais fáceis de serem digeridos e com menos fibras: arroz branco, batata, chuchu, mandioca, tapioca e sagu.

  • Prefira as frutas obstipantes (que ajudam a “prender o intestino”): banana-maçã, caju, goiaba e maçã.

  • Alguns alimentos são importantes de serem evitados, pois favorecem a evacuação, como:

- Alimentos gordurosos: carnes gordas, margarina, óleo de coco, creme de leite, oleaginosas (nozes, amêndoas, amendoim, castanha de caju e castanha do Brasil)

- Alimentos com lactose. Se consumir, prefira os leite e derivados na versão sem lactose e observe se não haverá piora do quadro.

- Alimentos e condimentos picantes e temperos industrializados.

- Açúcar, doces concentrados, alimentos e adoçantes a base xilitol, sorbitol ou manitol.

  • Apesar de serem saudáveis, alimentos ricos em fibras podem piorar o quadro de diarreia. Portanto, evite alimentos como:

- Folhas e legumes crus

- Leguminosas: feijão, ervilha, lentilha e grão de bico

- Alimentos que causam flatulência (gases): repolho, couve-flor, brócolis.


O importante é que o paciente não deixe de se alimentar e busque hidratar-se frequentemente!


Referência

National Cancer Institute. Diarrhea and Cancer Treatment. 2018.

American Cancer Society. 2020.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo