• INO Nutrição

Coronavírus e câncer

Atualizado: há 4 dias

Não há receita milagrosa que proteja contra a contaminação pelo coronavírus ou que traga sua cura. Acontece que a nutrição atua favorecendo a imunidade do paciente oncológico, e uma boa imunidade é a principal defesa do corpo contra agentes infecciosos.

Os pacientes com câncer entram no grupo de risco para COVID-19 devido sua imunossupressão (queda da imunidade), ocasionada pela doença ou pelo tratamento, que pode torná-los mais susceptíveis a infecções.


Outros fatores que interferem na imunidade do paciente oncológico são os efeitos colaterais do tratamento ou da doença, que tem como consequência o menor consumo alimentar e a menor ingestão de nutrientes e compostos bioativos, fundamentais para favorecerem a imunidade.


Como uma forma de garantir o fortalecimento das defesas do organismo, a busca por suplementos e seu uso sem orientação profissional aumentaram, mas precisamos tomar cuidado pois o que se usa em pacientes não oncológicos pode não ser o melhor para pacientes com câncer. Um exemplo disso é a vitamina C que, em altas doses, pode ser contraindicada em alguns regimes de tratamento, como aqueles com doxorrubicina, mitomicina e bleomicina.


Já fizemos um post sobre imunidade. Nele abordamos mais profundamente os alimentos e nutrientes envolvidos – confira!


Diante desses desafios, é necessário adequar a alimentação ao tratamento e seus efeitos colaterais e, se necessário, incluir uma suplementação.


Busque ter boa hidratação, bom consumo de frutas, hortaliças e oleaginosas – que além de oferecerem os nutrientes e compostos bioativos, fornecem fibras que atuam na modulação da microbiota intestinal, pontos chave nesse processo.


Busque, também, evitar o consumo de alimentos com calorias vazias, que são aqueles alimentos que só oferecem energia, sem nutrientes: alimentos ultraprocessados, com excesso de açúcares refinados, aditivos químicos e gorduras trans ou saturadas. Esses alimentos podem estimular o processo inflamatório.


Reforçamos, ainda, alguns dos cuidados que precisam ser tomados:

  • Higienize bem os alimentos após sua compra e antes de armazená-los

  • Mantenha uma boa higiene pessoal antes e durante o preparo dos alimentos

  • Mantenha os utensílios de cozinha bem higienizados

  • Não consuma alimentos com o prazo de validade expirados

Vale ressaltar que a melhor prevenção contra o coronavírus é o cuidado para evitar a sua contaminação, aplicando as medidas preventivas indicadas pelo Ministério da Saúde.


Evite a auto suplementação. Procure um nutricionista oncológico para auxiliá-lo na adequação da alimentação e se necessário, de suplementação, conforme suas necessidades.



Referências:

Garófolo A, Qiao L, Maia-Lemos PDS. Approach to Nutrition in Cancer Patients in the Context of the Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) Pandemic: Perspectives [published online ahead of print, 2020 Jul 22]. Nutr Cancer. 2020;1-9.

BRASPEN - Grupo de Oncologia. Recomendações Nutricionais para o paciente oncológico durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19). Março, 2020.

Gibbs L, Minnelli N, Larrivee J, Sahu KK, Siddiqui AD. Oncology Dietitians Sound Alarm in Key Nutrition Needs of Cancer Patients During COVID-19 Pandemic [published online ahead of print, 2020 Jun 18]. JCO Oncol Pract. 2020;OP2000349.

16 visualizações

Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 19h

 Rua Itapeva, 240. Sala 301 - Ed. Itapeva Medical Center. Bela Vista, São Paulo (SP) 

©Instituto de Nutrição e Oncologia 2020 - Todos os direitos reservados